Melhor domínio para o meu site

Qual o melhor domínio para o meu site?

A escolha de um domínio é muitas vezes o primeiro passo das empresas, e definitivamente o mais importante, na ligação da empresa ao mundo digital. Este irá servir para identificar de forma exclusiva o seu site e o seu e-mail profissional, e será através dele que as pessoas irão encontrar o seu negócio na internet.

Não existe uma ciência exata na escolha do domínio, contudo existem alguns fatores que devem ser tidos em conta no momento da decisão.

Preparamos 5 dicas para o ajudar na escolha do domínio ideal:

  1. Singular para evitar possíveis confusões com outras empresas, principalmente da mesma área de atividade;
  2. Relacionado com a área de atividade para facilitar a sua pesquisa orgânica nos motores de pesquisa como o Google, Bing, Yahoo, entre outros;
  3. Curto e claro para facilitar a sua memorização e digitação;
  4. Sem hífenes, números ou abreviaturas para minimizar dúvidas na forma como é escrito;
  5. Com uma extensão adequada à área de atividade e aos mercados alvo.

 

Relativamente à escolha da extensão, também denominado de domínio de topo (.com, .org, .net, …), devem ser tidos em consideração os seguintes fatores:

Fins comerciais

Geralmente recomenda-se o registo do .com para organizações com atividades comerciais.

Já no caso de organizações não comerciais e sem fins lucrativos recomenda-se o .org. Existem ainda outras opções como o .info para websites meramente informativos.

Mercado alvo

Se o mercado onde a sua empresa atua é essencialmente o nacional, então deverá usar o .pt.

Quando a empresa tem uma presença forte no mercado internacional, ou tem isso previsto nos seus planos a médio/longo prazo, poderá fazer sentido usar o .com.

Em situações em que a empresa se expande para outros países recomenda-se ainda o registo com a extensão do país em causa, por exemplo: .es (Espanha), .fr (França), .nl (Holanda), entre outros.

 

Após o registo do domínio este não pode ser alterado. Contudo, se a sua empresa assim o entender, pode registar outro(s) domínio que ainda esteja livre. Após o registo do novo domínio, por norma, segue-se um período transitório em que os dois domínios permanecem ativos e em que todos os contactos passam a ser apresentados com o novo domínio. Durante a fase transitória o domínio antigo serve essencialmente para redirecionar para o novo, evitando a perda de contactos.

Pode ainda uma mesma entidade manter mais do que um domínio, em que um dos domínios será considerado o principal e os outros secundários são apontadores para este. Por exemplo, se uma empresa tiver um site com o domínio principal www.nomedaempresa.com e registar também www.nomedaempresa.pt, o site poderá ser acedido independentemente de se usar um domínio ou outro.

Nota: O registo de vários domínios é aconselhado para empresas que necessitem de proteger bastante a sua marca. Tipicamente, extensões mais comuns como .com, .eu ou .pt têm um custo reduzido face ao benefício que trazem.

 

Esperamos tê-lo ajudado! Se pretender mais informações sobre o nosso serviço de registo e gestão de domínio, clique aqui.